Aprenda como identificar 9 sintomas de doenças renais

Você sabia que no Brasil, um a cada dez brasileiros sofre de doenças renais? Pois é, essas doenças afetam todo o estilo de vida da pessoa. Isso porque os rins são os responsáveis por fazer o controle da eliminação de líquidos e excreções.

Além disso, ele é responsável por realizar a produção de hormônios que podem interferir na pressão arterial. Quando este órgão não funciona bem, ele pode desestabilizar a pessoa por inteiro.

Muitas pessoas acabam descobrindo a doença depois de algum tempo, o que prejudica o tratamento e pode acabar evoluindo para um quadro mais grave.

Neste artigo, vamos falar sobre os principais sintomas que podem trazer uma rápida identificação da patologia.

Leia também: Mucormicose: os 3 cuidados de desinfecção contra a doença

Quais são os Tipos de doenças renais?

doenças renais são nomes genéricos para diversos tipos como cálculo renal e etc

Antes de mais nada, é preciso que se saiba que os rins são responsáveis por fazer a filtragem e trazer o equilíbrio de água e sal no corpo. Assim, a pressão arterial se manterá normal.

Outro ponto é que ele é responsável por eliminar toxinas, produzir hormônios que impedem a anemia e a falta de cálcio nos ossos. Quando o rim é afetado por algum fator em específico, seu funcionamento acaba sendo afetado.

A doença não apresenta sinais de imediato, assim, leva-se tempo até que a pessoa descubra. Por isso, acaba sendo algo bem perigoso. Algumas das doenças mais comuns são:

  • Cálculos renais;
  • Infecção renal;
  • Cistos renais;
  • Tumor ou câncer de rim;
  • Perda da função renal.

As doenças aparecem em especial pelo estilo de vida que a pessoa leva. Muitas vezes, são comprometidos por conta de outros fatores.

A obesidade por exemplo é algo que contribui e muito com o aparecimento de fatores que interferem no bom funcionamento dos rins. Isso porque o sobrepeso faz com que o metabolismo demande uma filtragem de sangue maior, e isso acaba sobrecarregando os rins.

Hipertensão também é um fator complicado, pois os rins conseguem filtrar 25% do sangue bombeado pelo coração. Na pessoa com hipertensão também ocorre uma sobrecarga que, com o passar do tempo, pode levar à falência do órgão.

Assim como a hipertensão, a diabetes também faz uma sobrecarga no funcionamento dos rins e na filtragem do sangue. Quem fuma, bebe e faz uso em excesso de medicamentos também corre o risco de comprometer o órgão.

Quais os sintomas?

Quais são os sintomas principais sentidos?

Como apontamos anteriormente, a doença é silenciosa de início, então, para descobri-la é necessário estar muito atento ao seu corpo.

O mais indicado para prevenir não só as doenças renais como também outras doenças é fazer um acompanhamento anual e realizar exames de rotina. No entanto há outros sintomas que podem te ajudar a perceber que algo não está correto, como por exemplo:

  1. Sangue na urina;
  2. Urina com espuma;
  3. Fadiga;
  4. Perda de apetite;
  5. Náuseas;
  6. Excesso ou ausência de urina;
  7. Dor nas costas;
  8. Anemia;
  9. Inchaço.

O diagnóstico da doença pode ser feito por exames de sangue e urina, ultrassom, e também biópsias. O essencial é realizar um exame de sangue e urina para que possam fazer a confirmação da diminuição da função renal.

A ultrassom é feita para que se possa excluir a obstrução do trato urinário e verificar o tamanho dos rins. Assim, pode-se excluir o risco de outras doenças e fazer uma rápida identificação do órgão.

Como é feito o tratamento?

Para que possa ter um tratamento estruturado, os pacientes com doenças renais, depois do diagnóstico, são separados por estágios, que vão do 1 ao 5. Isso deve ser feito para que cada especialista possa tratar a doença indicada.

Os pacientes com doença renal crônica devem ter um tratamento bem conservador quando se encontram nos estágios 1 a 3. Já a pré-diálise é referente ao estágio 4 e 5-ND e a terapia renal substitutiva quando o paciente está no estágio 5-D.

O tratamento, chamado de conservador, faz o controle dos fatores de risco do avanço das doenças renais crônicas. A pré-diálise faz a manutenção do tratamento conservador e o preparo para iniciar a terapia renal substitutiva em casos avançados.

Já na terapia renal substitutiva, que é um diagnóstico mais avançado e que merece mais atenção, tem como função principal substituir realmente o funcionamento renal por meio da:

  • Hemodiálise;
  • Diálise peritoneal;
  • Transplante renal.

Como se prevenir das doenças renais?

Como foi apontado, o aparecimento das doenças renais tem muito a ver com o estilo de vida que cada pessoa leva. Portanto, você ter controle sobre o seu peso, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, tabagismo, entre outras, são os principais meios de você evitar com que ela apareça.

É fundamental ficar de olho no excesso e no avanço dessas doenças, pois podem acabar prejudicando sua qualidade de vida. Fazer o controle da glicose e da pressão arterial faz com que essas doenças tenham chances mínimas de aparecer. 

O acompanhamento médico também é muito importante para que possam indicar o tratamento ideal. Por exemplo, somente o médico pode saber quais os medicamentos que não são excretados pelos rins ou quais precisam de doses menores para não comprometer o tratamento.

Esta é uma doença séria e que precisa ser tratada com muita cautela para que a cura possa dar certo. Caso contrário, o paciente correrá um sério risco.

Qualquer medicamento errado pode fazer com que o paciente piore. Pessoas com doenças renais graves devem evitar a todo custo remédios que tenham alto nível de potássio

Outro fator que pode ajudar a retardar a diminuição da função renal é por meio da restrição da quantidade de proteína ingerida no dia a dia. Nesse caso, é muito importante também que o paciente tenha o apoio de um nutricionista.

Conclusão

Por fim, vimos quais são as doenças renais mais comuns, como elas podem aparecer, quais os sintomas apresentam e qual tipo de tratamento pode ser realizado.

Vale lembrar que com a mudança de hábitos e uma vida mais saudável, é possível evitar com que essa doença venha acontecer. Se você apresenta algum dos sintomas aqui citados, então é necessário que você procure um médico o quanto antes.

Gostou deste artigo? Conseguiu entender melhor a respeito das doenças renais? Então deixe seu comentário aqui e não se esqueça de compartilhá-lo, para mais conteúdos acesse a página.

Gostou? Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram