Saiba mais sobre o câncer de mama e como descobrir precocemente

Outubro Rosa: como o autoexame ajuda no diagnóstico precoce?

O mês de outubro chega e com ele um tema muito importante vem à tona: o autoexame. Essa prática consegue salvar a vida de milhares de mulheres que descobrem nódulos de modo precoce e conseguem tratamento rápido.

Por isso é tão importante que todos os anos sejam feitas campanhas dentro e fora dos hospitais e que os médicos instruam seus pacientes a como realizar essa prática.

O câncer de mama está entre um dos que mais atingem a população e, se descoberto tarde demais, pode ser perigoso para a vida da mulher.

Abaixo falaremos um pouco mais sobre isso, continue acompanhando.

Como fazer o autoexame?

Saiba nesse blog como realizar o autoexame

Uma das principais causas de morte entre mulheres é por conta do câncer de mama. Portanto, para que se possa prevenir e evitar que ele se desenvolva, é preciso que a doença seja detectada precocemente.

Cerca de 80% dos tumores são descobertos pelas próprias mulheres ao fazer o autoexame. O ideal é que cada mulher tenha o conhecimento detalhado de suas mamas para que possa conhecer qualquer mudança.

Todas as mulheres acima dos 40 devem realizar anualmente um exame de mamografia para que possam identificar essas lesões. Essa ação age como um autocuidado para que a prevenção aconteça.

Muitas mulheres, no entanto, possuem dúvidas sobre como deverão realizar esse autoexame e o que elas devem notar ao realizá-lo.

Há diversos modos em que a mulher pode fazer um autoexame em casa. Uma das maneiras mais comuns é realizá-lo em frente ao espelho, em pé ou deitada. 

Para cada opção dessa existe um comando diferente. Observe então para que possa entender corretamente como isso deve acontecer.

Autoexame em frente ao espelho

  • Fique de frente para o espelho;
  • Faça a observação dos dois seios ainda com os braços ao lado do corpo;
  • Coloque as mãos na cintura e faça força;
  • Coloque as mãos atrás da cabeça e veja o tamanho, a posição e o formato do mamilo;
  • Pressione de modo leve o mamilo e observe se há saída de algum tipo de secreção;

Autoexame em pé

  • A mulher deverá levantar o braço esquerdo e apoiá-lo sobre a cabeça;
  • Com a mão direita esticada, ela deverá fazer a examinação da mama esquerda;
  • Dividir o seio em faixas e ir analisando devagar cada pedaço é fundamental para que se possa observar bem. Usar a polpa dos dedos e não a ponta deles é o ideal;
  • A parte mais importante é sentir a mama;
  • Fazer movimentos circulares de cima para baixo e repetir todo esse processo na outra mama;

Autoexame deitada

  • Coloque uma toalha dobrada sob o ombro esquerdo para examinar a mama esquerda;
  • Comece sentindo a mama em movimentos circulares fazendo uma pressão leve sob ela.
  • Apalpe a metade externa da mama onde é o local mais consistente;
  • Depois apalpe as axilas e inverta o procedimento para a outra mama;

Em caso de ter sentido algum nódulo ou então alguma textura diferente na pele, no tamanho das mamas ou algum nódulo, é imprescindível que se procure por um especialista para que ele possa avaliar cada caso.

Perguntas frequentes sobre o autoexame e o câncer de mama

Saiba aqui os sintomas do câncer de mama

O sintoma de câncer pode ser melhor percebido nas mulheres por conta da aparição de nódulos no seio que pode ou não doer. Um dos sintomas visíveis é a textura da pele mudar.

Ela fica parecida com uma casca de laranja e pequenos caroços podem surgir embaixo do braço. É preciso lembrar que nem todo caroço é um câncer de mama e por essa razão é fundamental procurar por um médico.

Como descobrir a doença precocemente?

Um dos principais meios de descobrir a doença de modo precoce é fazendo o autoexame, perceber as mudanças do corpo e fazer mamografia a cada um ano para mulheres acima dos 40.

É importante também que o ginecologista seja uma especialidade frequentada anualmente também para que possa verificar as mudanças que podem ser imperceptíveis ao corpo.

Esses serviços de saúde devem ser feitos ainda que nenhum sintoma seja sentido. A mamografia é simplesmente um exame que utiliza raio-x para verificar o interior da mama.

Assim, pode-se saber a existência de um tumor ainda que ele seja pequeno. O câncer de mama pode aumentar o risco de aparecer quando há membros da família que já tiveram a doença antes dos 50 anos.

Por isso que mulheres mais jovens devem se atentar ao histórico familiar para que possam realizar esses exames mais cedo para agir precocemente caso alguma coisa aconteça.

Autoexame age como preventivo para a doença?

O exame feito pela mulher ajuda bastante no conhecimento do próprio corpo. Porém ele não substitui de modo algum o exame clínico feito pelos profissionais.

Mas fazê-lo ajuda bastante para que a mulher busque ajuda de imediato para que possa tratar qualquer problema que tenha aparecido. 

Mais uma vez reforçamos que mesmo que a mulher não encontre nada, é importante que ela faça o exame clínico. Às vezes alguns nódulos podem aparecer no exame e não serem sentidos à mão.

Por isso vale reforçar o recado da importância de um médico acompanhando a saúde da mulher. Outros pontos que merecem cuidado também é quanto a alimentação .

Ela precisa ser saudável e equilibrada para que o organismo funcione bem. A prática de exercícios também ajuda bastante para que doenças sejam prevenidas.

Não fumar e nem fazer uso de muita bebida alcoólica ajuda bastante também a evitar os sintomas e a prevenir várias doenças, inclusive o câncer.

Conclusão

Por fim, vimos aqui um pouco sobre o autoexame, como ele funciona e qual a maneira mais indicada de fazê-lo. É importante que os médicos saibam como instruir suas pacientes.

Isso porque este é um tema que traz muitas dúvidas, portanto, contar com um profissional preparado para dar as instruções corretas é vital para que a mulher possa realizar esta ação sozinha.

Conte aqui o que achou deste assunto e o que você pensa sobre isso. Compartilhe também este conteúdo com mais pessoas e com mulheres que estejam tendo dúvidas a respeito deste tema.

Gostou? Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin
Share on telegram